Blog Vet Popular

Fogos de artifícios: veja como proteger o seu cão

Fogos de artifícios: veja como proteger o seu cão

cao-cachorro-pet-animal-de-estimacao

Médica veterinária dá dicas para que o pet não sofra em festa como réveillon.

O fim de ano está chegando e a comemoração do réveillon com muitos fogos de artifícios preocupam os donos de pets. Nessa época do ano, os cães demonstram medo escondendo-se, chorando, latindo, batendo com as patas no chão e até mesmo urinando devido ao barulho.

De acordo com a médica veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular, Caroline Mouco Moretti, como a audição dos cães é bem mais sensível que dos humanos, eles sentem medo excessivo desse tipo de barulho por isso é importante dar segurança ao seu amiguinho. “Ao longo de todo o dia acostume seu cão com o som, ligue a televisão, rádio ou coloque um CD ou DVD para tocar. Outra dica é manter as janelas e cortinas fechadas no dia da festa para isolar o som dos fogos de artifício e, além disso, fique de olho no seu animal de estimação e mantenha-se por perto dele, se possível. diz Caroline. “Se o seu cão tem medo, nunca o leve a um espetáculo de fogos de artifício.”, afirma.

Animais são influenciados pelo comportamento dos seus donos por isso é imprescindível que mantenham tranquilidade na hora dos fogos, assim passará confiança para o seu cãozinho. “Não o obrigue a fazer nada que ele não queira, já que essa atitude pode acarretar em um aumento do medo e o cão pode se tornar um cão agressivo se sair de sua zona de conforto. “Caso o seu pet queira se esconder, deixe.”, aconselha a especialista.

A médica veterinária reforça ainda que se o cachorro ficar com medo exagerado de fogos e até passar mal, o veterinário pode indicar um tranquilizante para que o cãozinho mantenha a calma nesses momentos.

Deixe uma resposta


NOTA | Caso paciente Pintada (SRD)

➡ O Hospital Vet Popular comunica que a paciente Pintada, da espécie canina, SRD, baleada no Terminal de Cargas da Zona Norte, na noite desta quarta-feira, foi prontamente atendida em caráter emergencial pela Dra. Bianca Ferreira e, posteriormente, encaminhada ao centro de internação sob os cuidados da equipe médica intensiva liderada pela Dra. Fernanda Risoli e Dr. Luiz Cesar Moretti, realizando todos os procedimentos para estabilização de sua saúde. Neste momento, encontra-se internada e seu estado de saúde é estável. A mesma fará, durante todo o dia, uma série de exames de imagem, cardiológicos e hematológicos para, assim, os médicos avaliarem seu estado de saúde com mais precisão. A princípio, Pintada ficará internada por tempo indeterminado.

➡ IMPORTANTE: o Hospital VET Popular CUSTEARÁ TODO O TRATAMENTO da Pintada, não havendo custos aos policiais que a socorreram. Agradecemos a confiança dos soldados do 5.º Batalhão da Polícia Militar de SP.

➡ O Grupo Vet Popular repudia toda e qualquer violência contra os animais e acredita na justiça para que o agressor seja punido por tal crueldade.